quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Perguntas e Respostas: A criança recém-nascida

Quando o meu filho nasceu, andava muito preocupada a pensar se poderia ser surdo ou não. Parecia que ele não respondia aos sons. Há evidência de que os bebés podem ouvir?

 Não é fácil avaliar se uma criança de poucas semanas pode ou não ouvir. No entanto, os testes de sensibilidade revelam que as crianças normais recém-nascidas podem ouvir. A audição de um neonato, inicialmente, é inibida pela presença de líquidos dentro do ouvido médio. Muitos pais preocupam-se porque as respostas da criança aos sons não são facilmente detetáveis pelos pais.

Muitos bebés parecem muito atentos quando olham o que os cerca. O que é que eles podem ver?
 
Os recém-nascidos conseguem ver mas, por falta do controle motor, têm uma certa dificuldade em focalizar objetos que estejam a mais de 20cm da sua face. Todos aqueles objetos que se encontrarem mais perto ou mais longe, estarão fora de foco.

Se os bebés podem ver objetos, o que é que eles gostam de olhar? 
 
Os bebés gostam muito de observar aquilo que os rodeia. Resumidamente, prestam atenção à mudança e a objetos em movimento. Prestam muita atenção também, às orlas dos objetos. Os seus olhos tendem a enfocar os limites de formas geométricas e não os seus interiores, porque estes limites constituem uma mudança em brilho, do mais claro para o mais escuro, e vice versa.

Como se pode determinar rapidamente se um recém-nascido pode detetar a presença de luz? 

Pode acender uma luz nas proximidades dos olhos do bebé e observe se há ou não uma resposta pupilar. Se ocorrer essa resposta, ele detetou a luz.

Com que idade as crianças podem seguir com os olhos um objeto que se movimenta?
 
Com 4 semanas de idade a maioria dos recém-nascidos pode seguir um objeto que se desloque lentamente.

Que conselho darias aos pais que desejam acalmar o seu filho recém nascido?
 
Cada caso é um caso mas o conselho que eu dou é movimentar a criança, num movimento de balanço de baixo para cima. É muito efetivo para acalmar recém-nascidos.



Bj.

Cláudia Fernandes 

 

Sem comentários:

Enviar um comentário